0

Urgente: polícia encontra corpo da menina de 3 anos que estava desaparecida!!!

As autoridades policiais da Carolina do Norte confirmaram na noite deste sábado (2) que recuperaram um corpo que eles acreditam ser da pequena Mariah Woods, de apenas 3 anos de idade. O corpo, já em adiantado estágio de decomposição, foi achado num riacho em um município vizinho.

A polícia informou que as equipes de mergulho encontraram o corpo da garotinha por volta das 17h30 de hoje. A porta-voz do FBI, Shelley Lynch, disse em uma declaração que o corpo estava num riacho do Condado de Pender, a cerca de 40 Km da casa da família de Mariah, em Jacksonville.

A pequena Mariah estava desaparecida desde a segunda-feira passada, 27 (Reprodução/Facebook)

Os médicos legistas ainda precisam identificar o corpo, mas os investigadores estão confiantes de que é Mariah, disse Lynch. A polícia aponta o padrasto Earl Kimrey, de 32 anos, pela morte da menina.

O mandado de prisão contra Kimrey diz que ele escondeu o corpo de Mariah, após a menina ter morrido no trailer da família de alguma causa não natural. Os investigadores não sabem ainda como a criança foi morta.

O sumiço de Mariah foi notado pela mãe às 6h da última segunda-feira (27), na cidade de Jacksonville, no estado americano da Carolina do Norte.

A mãe da menina, Kristy Woods, de 29 anos, contou à polícia que a última vez que viu a filha foi por volta da meia-noite do domingo (26), quando foi vê-la no quarto. Seu atual marido e padrasto da criança, Earl Kimrey, teria sido a última pessoa a ver Mariah viva.

O padrasto afirmou que a viu pela última vez por volta de 1 hora da manhã, e disse para ela voltar para a cama. Em algum momento depois disso, ele acredita que alguém entrou no trailer e sequestrou a criança do seu quarto.

O padrasto Earl e Kristy, mãe da garotinha (Reprodução/Facebook)

No primeiro dia do desaparecimento a mãe publicou um apelo desesperador em seu perfil do Facebook. Mas pouco depois desativou sua conta. Na terça-feira (28), apareceu na TV pedindo a volta da filha. “Por favor, traga-a de volta. Eu amo ela. Eu farei qualquer coisa que puder, o que você quiser. Por favor, traga ela segura e sadia. Ela é meu bebê, ela tudo para mim”, implorou.

Na manhã desta sexta-feira, mais de 700 voluntários compareceram ao pátio de uma igreja local para ajudarem nas buscas por Mariah. Todavia, o Departamento de Polícia proibiu que as pessoas fizessem qualquer tipo de fotografia do trabalho realizado. As buscas se concentravam numa área acidentada e de mata.

Em uma declaração nas primeiras horas deste sábado, a polícia do Condado de Onslow disse que agora acredita firmemente que Mariah está morta, mas que eles não sabem onde está seu corpo. “Devido à evidência recolhida durante o curso da investigação, acredita-se que Mariah está morta. Neste momento, a localização de Mariah é desconhecida”, diz a polícia em nota.

Kimrey está preso no Centro de Detenção do Condado de Onslow. Ele tem uma longa ficha criminal, que inclui acusações por furto, assalto e ameaças ao governo. Os delitos datam dedes 2002 e foram praticados em vários condados e dois estados americanos.

Compartilhe a matéria:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *