0

Esta bebê nunca comeu açúcar na vida. Veja como ela está hoje em dia!

Assim como qualquer mãe, Shan Cooper, de Brisbane, na Austrália, só quer o melhor para seus filhos. Sua filha Grace está com 2 anos e, à primeira vista, parece uma criança comum. Ela é muito inteligente e gosta de brincar com outras crianças.

Mas diferente das outras crianças, Grace só ficou doente uma vez, com um resfriado. “Ela brinca com muitas crianças que estão tossindo e com o nariz escorrendo e que espalham facilmente os germes. Mas diferente delas, Grace não fica doente”, diz a mãe, orgulhosa. Mas como é que essa menina tem um sistema imunológico tão mais forte do que as das outras crianças?

Desde que deu à luz, Shan colocou a filha em uma dieta de certa forma incomum e acredita firmemente que é o que tem mantido sua filha tão saudável. A própria Shan já teve várias alergias a comida, até que mudou seus hábitos alimentares. Agora, ela se sente muito mais saudável e não sofre mais de problemas relacionados a comida. Se mudar sua dieta a ajudou tanto, ela estava convencida de que também beneficiaria sua filha.
Mãe e filha aderiram estritamente à “dieta paleolítica”. Essa dieta, também conhecida como “dieta do homem das cavernas” ou “dieta da idade da pedra”, foca em comidas que humanos pré-históricos comiam, geralmente com muitas carnes, vegetais, frutas e ovos. Ela corta totalmente os cereais e laticínios, assim como açúcar e qualquer tipo de comida processada. Fãs ávidos dessa dieta acreditam que doenças como diabetes e doenças cardíacas podem ser evitadas com tal regime.

Grace não come qualquer tipo de comida processada, doces, pão ou leite de vaca. No entanto, sua mãe a amamenta duas vezes ao dia. Uma refeição típica para Grace seria frango frito em óleo de coco, uma batata-doce e brócolis, por exemplo. Ainda que Shan esteja convencida de que a dieta rica em nutrientes seja responsável pelo sistema imunológico forte de Grace, alguns nutricionistas alertam que uma dieta como essa pode não ser o melhor para todas as crianças. Sem laticínios, cereais e legumes, podem faltar diversas vitaminas, nutrientes e fibras necessários para um desenvolvimento saudável e uma dieta balanceada. Shan sabe que talvez precise introduzir laticínios à dieta da filha em algum ponto, mas, neste momento, ela vê os principais benefícios da dieta paleolítica e optou por passá-los à filha.

Shan não consegue entender por que algumas pessoas são tão críticas em relação à dieta da filha. No final das contas, ela está alimentando sua filha com comida “de verdade” ao invés de processada. Para ela, não faz sentido as pessoas a criticarem por dar à sua filha um prato de vegetais, mas sequer pensarem em criticar pais que dão um prato cheio de pão, doces e comidas processadas aos seus filhos. Ela sabe que chegará o dia em que sua filha será convidada para festas e lhe oferecerão bolos e guloseimas, e ela não a proibirá de experimentar. Ela só espera que ela aprenda a controlar a quantidade que consome.

Enquanto Shan fala bastante sobre a dieta paleolítica e insiste que todos os pais reflitam sobre como estão alimentando seus filhos, ela não condena ninguém pela comida que escolhe dar às suas famílias.

O que acontece é que comidas açucaradas e processadas são quase sempre deliciosas, e quando Grace for exposta a tais comidas, ela provavelmente irá se lambuzar com elas primeiro. Shan só espera que ela perceberá rapidamente que elas não fazem você se sentir bem. Todos nós sabemos a sensação doentia ou enjoativa após comer compulsivamente. É muito mais saudável encorajar dietas balanceadas e estilos de vida mais saudáveis. A longo prazo, as crianças vão agradecer aos pais por isso!

Fonte: http://www.cuide-se.net/shan-cooper/?ref=fb

É Notícia

Deixe uma resposta