Piloto de avião retorna para o aeroporto e expulsa mãe – então, ela descobre uma terrível notícia

Normalmente, as companhias aéreas recebem comentários desagradáveis de seus passageiros descontentes. Mas essas empresas não pensam somente no dinheiro. E o piloto de avião de quem vamos falar é um exemplo disso… ele voltou para o aeroporto só devido a uma viajante!

Uma mulher chamada Peggy Uhle será sempre grata à Southwest Airlines. Essa companhia aérea a ajudou muito num momento traumático de família. A senhora embarcou num vôo de Chicago para Ohio e, como é natural, ela desligou seu celular antes da viagem começar.

O avião já tinha percorrido alguns quilómetros quando de repente ele se virou e retornou à pista do aeroporto. Peggy e o resto dos passageiros ficaram sem saber o que estava acontecendo.

Logo que o avião retornou ao aeroporto, uma aeromoça se aproximou de Peggy e pediu para que ela saísse do avião. A mulher pensou que tinha embarcado no avião errado, mas quando ela voltou para dentro do terminal, um segurança disse que seu marido estava esperando.

Ele foi forçado a chamar Southwest Airlines por que o celular de Peggy estava desligado. Felizmente, a companhia aérea conseguiu contactar o piloto de avião a tempo, para que ele voltasse atrás.

O esposo tinha uma notícia urgente para dar à esposa: seu filho de 24 anos sofreu uma lesão grave na cabeça e tinha ficado em coma em Denver, Colorado.

 

Peggy tinha acabado de receber a chocante notícia, quando um membro da equipe da companhia aérea lhe disse que tinham marcado um vôo direto de graça para Denver, para que esses pais pudessem ir ver seu filho. Que bela atitude?

“Eles me ofereceram um local de espera privado, colocaram minha bagagem no vôo certo, me deixaram embarcar em primeiro lugar, e me deram almoço. Quando sai do avião em Denver… ainda recebi um telefonema da Southwest Airlines me perguntando como meu filho estva”, disse Peggy Uhle.

Graças ao incrível serviço da companhia aérea, Peggy foi capaz estar rapidamente com sua família, e ir para o lado da cama de seu filho para lhe dar o apoio que ele necessitava. E ela não teve que pagar a alteração do trajeto.

Hoje, seu filho está totalmente recuperado de sua lesão grave na cabeça. Compartilhe se acha que essa companhia aérea merece muito sucesso por ajudar essa família!

Compartilhe a matéria:

Deixe uma resposta