0

Pai encontra bebê já sem vida em creche e faz um alerta importante

Quando um casal decide aumentar a família, eles já sabem que terão que disponibilizar uma boa parte do seu tempo para cuidar do bebê. E este cuidado requer bastante a atenção de todos, principalmente quando os deixam com outros responsáveis, como por exemplo, em uma creche.

E, infelizmente, foi neste local que ocorreu um terrível acidente com o bebê da família Dodd. Os pais americanos costumavam deixar seu filho mais novo, de apenas 11 semanas, numa creche. Certo dia, eles vivenciaram o pior pesadelo de suas vidas ao irem buscar o menino: ele foi entregue morto.

Naquela manhã, após deixar a criança no quarto, a educadora voltou para ver se estava tudo bem e levou um susto ao constatar que havia algo de errado. O menino estava roxo e não reagia.

No mesmo instante, ela resolveu chamar os pais e ligar para o serviço de emergência. O casal, rapidamente, se dirigiu para a creche para ver o que havia acontecido. Lá, eles encontraram seu bebê nos seus últimos momentos de vida. Os médicos fizeram tudo o que era possível para salvá-lo, mas foi em vão, pois o recém-nascido já havia falecido no hospital. O motivo chocou a todos!

A causa da morte foi relatada como asfixia postural, devido à posição errada em que o bebê estava dormindo. Segundo o relato do policial, ele foi colocado para dormir em uma das cadeirinhas, no chão de um dos quartos da creche

“Eu estava dando aula quando minha mulher ligou e pediu para eu ir imediatamente até a creche, porque o Shepard não estava respirando. Eu entrei no carro e corri para lá. Quando os vi trazendo o meu filho numa maca, fui na frente da ambulância e tive de me preparar para uma vida sem o meu filho. Consegui beijá-lo na testa antes dos médicos o colocarem dentro da ambulância. Ele estava frio, por isso eu sabia o que me esperava”, disse Derek.

O casal ficou extremamente inconformado com a morte da sua criança. E surpreenderam com a atitude madura que tiveram após sua morte: fazer com que sua história fosse compartilhada para alertar todos os pais sobre esse acidente.

Então, eles lançaram uma campanha para todos os pais ficarem atentos em relação aos seus bebês pequenos. Além disso, fizeram diversas conferências sobre o caso e sobre a asfixia durante o uso da cadeirinha.

Para entender melhor, crianças muito pequenas não têm força o suficiente para conseguir sustentar sua própria cabeça. E caso ela fique numa posição errada, ela pode ter sérios problemas respiratórios, podendo causar morte por falta de ar.

Apesar de toda dor que passou, a família se prontificaram a ajudar outros pais. Inspirador, não!?

Imagem e mensagem

Deixe uma resposta