0

Mulher da à luz a bebês no banheiro. Então seu marido a encontra em prantos e rodeada de sangue

A Esclerose Multipla é uma doença rara, mas que já atinge cerca de 150 mil pessoas ao ano. Ela causa sintomas diferentes em cada pessoa, mas entre eles podem estar: perda da visão, dor, fadiga e comprometimento da coordenação motora.

Alguns indivíduos podem não apresentar sintomas por quase toda a vida, enquanto outros têm sintomas crônicos graves que nunca desaparecem. Esse segundo caso é o que aconteceu com Claire, mas algo surpreendente estava prestes a mudar sua vida.

Diagnosticada com EM aos 19 anos de idade, Clare pensou que nunca realizaria seu grande sonho de se casar e formar uma família. Ela já havia desistido de encontrar um amor, até que ela conheceu um colega de trabalho, chamado Paul.

Foi então que a vida de Clare começou a progredir. Sua doença entrou em remissão e seu relacionamento com Paul estava melhor do que nunca, os dois estavam completamente apaixonados.

Depois de quatro anos juntos, o relacionamento deles estava cada vez melhor. Até que uma grande notícia os surpreendeu: Claire estava grávida de seu primeiro filho.

O bebê nasceu saudável, mas a mãe não teve a mesma sorte. Em pouco tempo, a doença de Clare acabou recuando e seu corpo ficou paralisado.

“Minha perna direita morreu e eu tive que usar uma cadeira de rodas. Meus braços ficaram mortos e meu olho ficou tão confuso que eu tinha que usar um remendo. Ou mesmo pegar Harry, ele tinha que ficar na casa da minha mãe, eu não podia dirigir ou sair com amigos e acabou acamado”, conta Clare, de acordo com o Mirror.

Depois desse grande trauma, o médico dela recomendou que o casal não tentasse mais ter filhos e prescreveu alguns remédios para ela a base de esteroides, para controlar a doença e evitar uma gravidez indesejada.

Por isso, dois anos depois, Clare e seu marido foram surpreendidos quando ela acordou no meio da noite com um forte sangramento e muita dor abdominal. Aparentemente, seu clico menstrual estava normal, mas uma grande surpresa os esperava aquela noite.

Coberta de sangue e com contrações muito fortes, Clare correu para o banheiro. Foi então que, sentada na privada, ela deu à luz a dois bebês, sem ao menos saber que estava grávida.

“Eu fui para o banheiro e senti o desejo mais incrível de empurrar. Quando me virei, havia um bebê chorando. Eu comecei a gritar por Paul. Então, eu senti o desejo de empurrar novamente e nasceu o segundo bebê”, revela Claire ao Mirror.

Então, eles levaram as gêmeas Macie e Charlie para o hospital para verificarem se elas estavam bem. Após algumas consultas, o resultado era positivo e as pequenas desfrutavam de muita saúde.

E, ao contrário do que se imaginava, Clare estava muito bem. Depois de anos sofrendo com sua paralisia, a doença começou a regredir e a jovem mãe poderia ter sua vida de volta.

“Alguns dias depois, minha perna começou a formigar e eu podia andar em volta da sala. Então meu olho começou a ficar melhor. Ele limpou e eu poderia me concentrar. Toda doença regrediu no prazo de uma semana após nascimento. Logo eu estava dirigindo, podia sair com amigos novamente e mais importante: podia cuidar dos meus bebês”, conta Claire.

Os bebês de Claire realmente salvaram sua vida. Esperamos que sua doença continue em remissão, para que ela e sua linda família possam viver juntos, felizes e muito saudáveis.

Fotos: Reprodução

Compartilhe a matéria:

Imagem e mensagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *