0

Enquanto ela dormia, o seu marido tirou esta foto e a compartilhou na internet. Mas quando viu as consequências disso, ele ficou em choque.

David Brinkley e sua esposa Alora vivem uma vida calma e feliz com seus cinco filhos em Oklahoma, nos EUA. Um dia, David escutou a conversa que sua esposa estava tendo com uma de suas amigas. Elas conversaram sobre seus filhos e maternidade, mas houve um detalhe que David achou tão chocante que não soube como reagir.

Ao invés de dizer algo imediatamente, ele decidiu expressar sua opinião de uma forma diferente. Enquanto sua esposa estava dormindo com dois de seus filhos, ele tirou uma foto, compartilhou no Facebook e postou uma mensagem emocionante, que já foi compartilhada mais de 300.000 vezes. Leia abaixo:

“Minha esposa é uma espécie de melhor amiga. Ela tem longas conversas com suas amigas TODA hora e, ocasionalmente, eu acabo ouvindo algumas partes. Recentemente, ela estava conversando com uma amiga e elas estavam falando sobre essa coisa chamada ‘co-sleeping’ (‘dormir junto’, em tradução livre), e escutei a outra pessoa perguntar: ‘o seu marido não odeia isso? Meu marido nunca me deixaria fazer isso’.

Isso me deixou espantado e me incomodou por dias. Então, eu decidi vir a público deixar algumas coisas claras. Eu NÃO odeio nada do que minha esposa faz para ser a mãe que é. Eu NUNCA degradaria ou desmereceria qualquer coisa que ela quer fazer pelos nossos filhos. Eu tenho que me encolher no canto da cama às vezes? Sim! Mas meu Deus, como ela não fica linda segurando nossas crianças fazendo-as se sentir amadas e seguras? A questão é que nossas esposas só experimentam essas pequenas épocas da maternidade por um tempo curto.

Elas carregam nossos bebês quando eles nascem, os alimentam e, talvez enquanto eles ainda são pequenos, os deixam subir na cama e se aconchegar, mas, eventualmente, nossos bebês ficam grandes e “legais demais” para carícias, então por que nós, homens, roubaríamos um segundo sequer desse momento? Ser mãe é parte da identidade delas, e o que é um ou três anos comparados a décadas de uma vida juntos? Eu só queria dizer que tenho orgulho das decisões que minha esposa toma enquanto mãe e apoio cada uma delas.

Eu nunca ia querer tirar dela esse tempo que ela tem ou essa época que de fato é curta demais para não aproveitar.

Por favor, respeitem nossas esposas enquanto mães.

– David Brinkley”

Apesar do quão adoráveis essas fotos e palavras possam ser, muitas pessoas no Facebook começaram a comentar o quão perigoso é um adulto dormir com bebês na mesma cama. Em resposta a essas críticas, Alora decidiu publicar uma nova mensagem explicando que David só queria apontar que a mulher pode decidir o que quer fazer enquanto mãe e não deveria ser julgada, caso não esteja fazendo nenhum mal aos filhos.

Frequentemente, pais deixam a criação dos filhos para as mães e só se envolvem nas partes “divertidas”. Por isso, é ótimo ver um homem como esse, que respeita e apoia sua parceira, e se compromete 100% em criar seus filhos com elas. Está claro que Alora tem um dos “bons pais”. Esperamos que mais homens aprendam com o exemplo de David.

Fonte:

Mail Online

Compartilhe a matéria:

Imagem e mensagem

Deixe uma resposta