0

Vídeo chocante mostra raio explodindo em montanha no Brasil;

Fenômenos naturais deixam todo mundo assustados com o poder aforça da natureza que parece ser completamente indomável, mostrando que o homem ainda tem muito a aprender com ela. Terremotos e maremotos são as catástrofes naturais mais conhecidas mundialmente, embora não sejam comuns no brasil, por aqui o que assusta muitos são raios e trovões que caem por todos os lados em períodos chuvosos atingindo campos, árvores e até mesmo pessoas, em alguns casos graves e raros já registrados.

Em um vídeo que circula na internet, algumas pessoas conseguiram filmar, de forma acidental, quando um raio explode ao atingir uma pedra gigante em um parque localizado dentro do campus da Universidade Federal do Ceará, na cidade de Quixadá, que fica a 150 quilômetros de Fortaleza.

No local estão acontecendo obras do instituto Federal de Ciência e Tecnologia, o IFET, que possui um campus ao lado do terreno da UFSC. O homem estava falando sobre a obra que acontecia no local, onde o pavimento foi recém-colocado, quando um raio atinge a pedra localizada bem longe do homem.

Nas imagens é possível ver muitas nuvens escuras sobre a mata, mas nenhum sinal de que a chuva caía nos arredores do local que foi atingido pelo raio. O local conhecido como Açude do Cedro, é uma mata muito conhecida no município, que atrai inclusive muitos turistas durante todo o ano.

O barulho e a explosão raio deixou até mesmo os moradores do local bastante assustado. O homem que fazia o vídeo ficou também muito apavorado, quando raio atingiu a montanha que estava sendo filmada como fundo de seu vídeo, enquanto ele falava sobre o nome calçamento instalado na instituição de ensino.

Os raios também são monitorados por centros de pesquisa que analisam a incidência de descargas elétricas em diversos estados e cidades brasileiras. Segundo pesquisas na área, o número de raios que já caiu no Ceará somente no início deste ano, em janeiro, fevereiro e março, já superou o total de descargas registradas durante todo o ano de 2016, apresentando uma alta significativa de relâmpagos no estado nordestino. Assista:

Fonte: http://br.blastingnews.com/brasil/

Compartilhe a matéria:

Imagem e mensagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *