0

“Tati Quebra Barraco posta desabafo sobre morte do filho” …. VEJA !

“EU QUERO JUSTIÇA”

Funkeira fez posts no Twitter nesta terça-feira, 13, questionando a atuação da Polícia na operação em que Yuri Lourenço, de 19 anos, acabou morto.

8

Tati Quebra Barraco perdeu o filho, Yuri Lourenço, na madrugada do último domingo, 12. O jovem, que tinha 19 anos, foi morto a tiros durante uma operação policial na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio. Na manhã desta terça-feira, 13, a funkeira fez um desabafo em seu perfil no Twitter. “É impressionante como uma pistola fez milagre. Uma pistola bateu de frente com seis fuzis. Justiça já, eu quero justiça!”, escreveu ela, referindo-se à versão da Polícia de que Yuri e seu amigo Jean – que também foi morto na operação – estariam portando grande quantidade de drogas e uma pistola.
“O tiro foi de perto, não teve como reagir”
No post, Tati questiona diversas vezes o procedimento da Polícia: “O meu filho estava queimado de pólvora nos peitos, o que tudo indica que foi à queima roupa. O tiro foi de perto, não teve como reagir. Pode ter certeza que não ficará impune!”. A cantora ainda falou sobre uma foto do corpo de Yuri que circulou na internet. “A foto do meu filho morto circulando cheio de sangue foi quem que tirou? A médica?”, questionou. Sobre os ataques que vem recebendo nas redes sociais – onde diversos internautas têm questionado uma possível relação do jovem com traficantes e por conta disso justificando a morte -, Tati disparou: “E aos infelizes que estão justificando a morte do meu filho, saibam que estão sendo denunciados”

“Não foi somente o Yuri que morreu”
Tati fez questão de lembrar também a morte de Jean, amigo de Yuri. “Não foi somente o Yuri que morreu, o Jean também morreu. Cadê a repercussão? Cadê a mídia no enterro dele? A comoção é seriamente seletiva?”, questionou. Ela encerrou o desabafo questionando ainda mais um suposto fato envolvendo a atuação da polícia. “Policiais que aparecem em um carro comum e matam saem para prender? Tem certeza?”, indagou.

Apoiada por uma seguidora, que disse que Deus haverá de confortar seu coração, a funkeira respondeu: “Vai confortar porque ele é digníssimo. A JUSTIÇA de Deus não falha, mas a da terra também não falhará! NÃO FALHARÁ”.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil disse que não pode divulgar detalhes sobre as investigações e não comentou as acusações: “De acordo com as investigações da Delegacia de Homicídios (DH-Capital), estão em andamento as investigações para esclarecer a morte de, Yuri Lourenço da Silva, 19 anos de idade e Jean Rodrigues de Jesus, de 22 anos, ocorrida em uma operação da polícia militar realizada na Cidade de Deus, no último domingo, 11 de dezembro, na comunidade Cidade de Deus. No momento, não é possível a divulgação de outras informações para não prejudicar o trabalho investigativo”.
Entenda o caso
Segundo informações divulgadas pela Delegacia de Homicídios da Capital, foi instaurado um procedimento para apurar as mortes de Yuri Lourenço da Silva, de 19 anos, e de Jean Rodrigues de Jesus, de 22 anos, após uma operação da polícia militar realizada na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio. Tati teria recebido a notícia da morte do filho durante um show em Minas. Famosos postaram mensagens de apoio a ela.
O corpo de Yuri foi velado na tarde de segunda-feira, 12, no Cemitério do Pechincha, na Zona Oeste do Rio. Familiares e amigos estiveram na despedida do jovem. Segundo informações dos representantes da cantora, o enterro aconteceu às 18h no mesmo local. A funkeira pediu para não ser fotografada durante o velório e o enterro. Desde que a notícia da morte de Yuri veio à público, ela vem sofrendo ataques nas redes sociais.

Compartilhe:

É Notícia

Deixe uma resposta